Aumento é questão política e não técnica

5/1/2012

O senador Paulo Paim (PT-RS) disse que não existem motivos para não dar aumento real de 80% da variação do PIB para os aposentados e pensionistas. Ele avalia que o argumento para negar o aumento seria político e não técnico.Paim fez um apelo para que sejam assegurados recursos necessários ao aumento real das pensões e aposentadorias com valor superior ao do salário mínimo. “Tenho certeza que tanto a Confederação dos Aposentados e Pensionistas do Brasil (Cobap) quanto o movimento sindical estão dispostos a negociar com o governo esse importante e necessário reajuste. Essa decisão representará melhor qualidade de vida à população idosa do país e será determinante para enfrentarmos a crise econômica que se avizinha – afirmou. Para o senador, a recomendação pelo deputado Efraim Filho, em seu relatório, demonstra uma vontade política do parlamento em conceder o aumento real. Ele assinalou que foi deixada uma porta aberta para a negociação com o governo, colocando no texto que “fica assegurado para o ano de 2012 o ganho real para os reajustes dos aposentados e pensionistas a ser definido em reuniões conjuntas entre o governo, as centrais sindicais e entidades representativas dos aposentados”.

Agência Senado