Câmara aprova MP que prorroga prazo para a revalidação dos aposentados. COBAP reivindica agilidade na votação do Senado.

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta segunda-feira (8), a Medida Provisória que amplia a margem de empréstimo consignado para aposentados e pensionistas do INSS de 35% para 40%. A medida também prorroga o prazo para a revalidação dos associados às entidades de aposentados, pensionistas e idosos.
A MP 1006/20 tem o objetivo de aumentar a oferta de crédito na economia, bem como possibilitar o crédito aos aposentados e pensionistas em razão pandemia da Covid-19.
✅ A articulação da COBAP foi fundamental para a medida se tornar uma realidade. Após reunião realizada em fevereiro, entre o presidente da COBAP, Warley Martins e o relator da MP, deputado federal Capitão Alberto Neto,  o parlamentar inseriu no relatório o aumento do prazo para a revalidação dos associados às associações de aposentados e pensionistas. “O deputado reconheceu prontamente a dificuldade da revalidação neste momento de pandemia em que, a maior preocupação, é a vida e a saúde dos aposentados, pensionistas e idosos”, comemorou o presidente da COBAP.
Warley também destacou o trabalho dos youtubers, Felipe Brito, Sandro Gonçalves e Milton Dantunes, que mobilizaram e transmitiram toda a votação da MP em seus canais no YouTube.
De acordo com a MP, “a autorização do desconto deverá ser revalidada a cada três anos, a partir de 31 de dezembro de 2022, podendo esse prazo ser prorrogado por mais um ano, por meio de ato do Presidente do INSS”.
Com a aprovação na Câmara dos Deputados, a MP segue para o Senado, onde deverá ser votada até o dia 11 de março, prazo máximo de validade da medida.
Neste momento de curto prazo para a votação da medida, o presidente da COBAP faz um apelo às lideranças do movimento dos aposentados: “Reivindiquem urgentemente a votação da medida aos dos senadores de seus estados. Precisamos que seja aprovada até quinta-feira (11), para termos um prazo justo para a revalidação”.
Fonte: COBAP