É possível acumular a pensão e a aposentadoria?

19/03/2012

O jornal Agora, de São Paulo, trouxe na edição desta segunda-feira (19) e no último fim de semana, duas reportagens de interesse para os futuros aposentados. A primeira delas dá dicas de como garantir um valor maior na aposentadoria. Já a segunda explica os direitos de quem recebe pensão e aposentadoria. É isto mesmo, o beneficiário tem o direito de acumular os dois benefícios. Por exemplo, os aposentados que ficarem viúvos (as) também têm direito a receber o pagamento duplo, mesmo se a soma dos benefícios ultrapassar o teto previdenciário, que hoje é de R$ 3.916,20. Não confunda com o fato do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) não permitir o recebimento de duas aposentadorias, mesmo se uma for por idade e a outra por tempo de contribuição, por exemplo. Já no caso de um casal de aposentados, se o homem morrer, a viúva continua com a aposentadoria dela e a pensão do marido. Porém, o especialista afirma que, se a viúva casar novamente e o segundo marido também morrer, ela não poderá acumular duas pensões, apenas poderá optar pela mais vantajosa. Já a matéria publicada neste último domingo (18), mostra como garantir um valor maior na sua aposentadoria. Segundo a reportagem, há ao menos dez maneiras de garantir esse acréscimo antecipadamente no posto do INSS ou na Justiça. As opções envolvem períodos trabalhados como estágio, horas extras não pagas, tempo de serviço público e benefícios por incapacidade. A recomendação é que, quanto antes o trabalhador garantir tudo o que tem direito em seu cadastro do INSS, menores são as chances de falhas na concessão do benefício.