Em plantão na COBAP, Marise Sansão destaca direitos das mulheres

O mês da mulher inicia, na sede da COBAP, em Brasília (DF), com o plantão de uma destacada guerreira do movimento dos aposentados: a atual diretora de Cultura e Movimentos Sociais, Marise Costa Sansão.

Consciente das peculiaridades das causas das mulheres, em sua defesa pelos direitos dos aposentados, pensionistas e pela Petrobrás, de onde é aposentada e dirigente do Sindipetro – BA, Marise destaca as dificuldades enfrentadas pelas trabalhadoras, aposentadas e pensionistas. “Infelizmente ainda vivemos em extrema desigualdade de direitos, onde as mulheres desempenham jornadas duplas ou triplas de trabalho e muitas vezes têm um salário inferior ao dos homens”, enfatiza.

Segundo a dirigente, as injustiças não param quando se aposentam. “Sabendo das diferenças gritantes de atribuições às mulheres, o governo, através da reforma da Previdência, aumentou nosso tempo de contribuição e cortou drasticamente as pensões daquelas que se dedicaram à criação dos filhos e funcionamento dos lares brasileiros”, afirmou. “Recuperar as pensões é, atualmente, uma das principais bandeiras da COBAP.

Enquanto exerce o plantão na sede da entidade em Brasília, atuando na pasta de Cultura e Movimentos Sociais, Marise destaca o Encontro das Mulheres Aposentadas, que ocorrerá na filial da COBAP, em São Paulo, na próxima quinta-feira (5), com palestras e debates acerca dos temas femininos. “Estou conectada com a causa, que perpassa por todos os movimentos sociais”, destacou.

O Dia Internacional da Mulher é celebrado anualmente em mais de 100 países, no dia 8 de março, e ressalta a importância da igualdade de direitos.

Fonte: Cobap