Prova de vida volta a ser exigida pelo INSS. Confira calendário!

Nesta terça-feira (1º), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai retomar a Prova de Vida dos aposentados e pensionistas, suspensa desde o ano passado devido à pandemia do coronavírus. Os beneficiários terão que fazer a comprovação de vida para não ter o pagamento suspenso.

Como fazer a prova de vida?

Uma das opções disponibilizada para alguns beneficiários é a prova de vida através da biometria facial. Sendo assim, aqueles que foram convidados e que ainda não realizaram o procedimento, devem fazê-lo através da plataforma Meu INSS até esta segunda-feira (31).

Os que não foram selecionados para a Prova de Vida por biometria facial, devem ir até a agência do banco que recebe o benefício. Neste caso, a orientação é conferir qual a última prova de vida e olhar o cronograma.

Para que você entenda melhor, veja a seguinte situação: aqueles que fizeram o recadastramento em 04/2019, por exemplo, deveriam ter feito novamente em 04/2020 e não fez. Então, a orientação é fazer a prova de vida até 06/2021.

Para o atendimento, é necessário ter em mãos um documento de identidade com foto. Alguns bancos também têm disponibilizado a prova de vida através dos caixas eletrônicos por meio da biometria, ou ainda em seus próprios aplicativos, como por exemplo, o Banco do Brasil.

Assim, basta acessar o aplicativo e selecionar o campo “Serviços” e depois, escolher a opção “INSS”. Feito isso, o beneficiário deve clicar em “Prova de vida do INSS” e, depois, será preciso tirar uma foto frente e verso da identidade.

Aqueles que não puderem comparecer ao banco por dificuldades de locomoção ou por motivo de doença, podem fazer a prova de vida por meio de um procurador. Para isso, é necessário que a procuração seja cadastrada no INSS.

 

WhatsApp Image 2021-05-31 at 15.30.29